14 de mar de 2014

Reforma ou Reconstrução?


Escuto muito falar em reforma da Igreja. Aliás, este é um assunto culto nos nossos dias. Intelectuais, pensadores e teólogos gastam horas discutindo sobre este tema (por vezes, de maneira acirrada).
 
Não sei qual a o motivo desta discussão. A Igreja não precisa de reforma, as igrejas, sempre. Particularmente prefiro reconstruir minha casa, tentando partir do alicerce, da Rocha Eterna, da Pedra Angular (que não saiu nem sai do lugar). 
 
Prefiro tentar, com a graça de Jesus Cristo, encaixar-me aos moldes da Igreja (o que já extremamente penoso), do que tentar reformar uma igreja.
 
Reformar uma igreja é mais do que uma tarefa árdua, eu diria, uma luta quase que inglória e, definitivamente, eu não tenho vocação nem me sinto chamado para esta tarefa, embora acredite que Deus elege homens para tal.
 
Sobretudo, entendo também que seria uma pretensão descabida da minha parte querer reformar a Igreja de Jesus. Reformar o quê? A Igreja é dEle e é perfeita, não tem mácula nem ruga. A sua base é sólida e o seu ângulo é absolutamente preciso e imutável e por isso os ventos e a eras não conseguem derrubá-la ou desaprumá-la.
 
Alguém diria ao Senhor: “Dá licença, vim reformar a Sua Igreja.” Ele responderia: “Oh! Pois não, estou precisando mesmo, acho que eu não a fiz corretamente. Muito obrigado pela ajuda!”
 
Eu, particularmente, não ouso. Prefiro reconstruir a minha casa.
 
Marcos - Sal da Terra
 
 
Leia mais: Reflexões
 
 
 

Um comentário:

  1. Gostei de suas palavras irmão! A igreja de Cristo está nos templos, não são os templos, mas usa eles p suas reuniões. E nas reuniões da igreja o diabo também frequenta através dos q são joio e trigo. E só o Senhor da Igreja, com seus anjos, fará a separação entre o trigo e o joio. Até aquele Dia, as igrejas serao o q são.

    ResponderExcluir