12 de fev de 2014

Fui ao Sertão e Relembrei o Amor que Nunca Deveria ter Esquecido

Entre os obreiros voluntários do P.E.S. (Programa de Evangelização no Sertão) realizado em janeiro de 2014, tivemos a participação de Ana Cláudia Nunes, que trabalha no departamento de comunicação e marketing da editora Ultimato, e integra, também, o CEJ - Conselho Editorial Jovem.

Ana postou no site da Ultimato a postagem "Fui ao sertão e relembrei o amor que nunca deveria ter esquecido". Veja um trecho da postagem:

"Há quem diga que essas viagens missionárias não fazem muita diferença na vida da comunidade. Essas pessoas não viram os rostinhos dos sertanejos de Iatecá, Serrinha da Prata, Gigante (PE) e Santa Cecília (PB), rostos de quem se sentiu amado, cuidado, lembrado, assistido. Não viram a expressão da dona Rosinha, que me abraçava forte e me chamava de “santa”, repetindo que estava muito feliz por estarmos lá. O sorriso de alívio de Selma (nome fictício), que estava pensando em se matar e naquele dia na fila para o atendimento odontológico se abriu comigo, oramos juntas e ela decidiu viver uma vida diferente. Esta me chamou de “anjo”. Mas, sobretudo, tenho certeza que essas viagens missionárias mudam mais quem vai do que quem está lá. Nos faz repensar sobre aquela Verdade: tão grande e tão libertadora, mas que infelizmente guardamos só para nós, seja por vergonha, por egoísmo ou por achar que não conseguimos".

Confira toda a postagem aqui.





Nenhum comentário:

Postar um comentário