12 de dez de 2013

Acepção

Hoje fomos repreendidos! Disseram que estamos errados porque o Sal da Terra evangeliza em lugares que não tem (aos olhos humanos)possibilidade de se tornar igreja. Fiquei lembrando dos "poucos escolhidos" (Mt. 22.14) que temos conhecido entre os muitos a quem temos anunciado o Evangelho de Cristo na nação sertaneja - sítios, povoados, assentamentos e Distritos, pequenos aglomerados. Gente pela qual, eu não tenho dúvida, Jesus morreu.

Conheço gente assim e tive a suprema oportunidade de falar do amor de Deus para alguns deles; vi beata convertida, vi cachaceiro largar o vício, vi valentão virar mansinho, vi e tenho visto o poder do Evangelho se manifestar entre aqueles que são escória, estorvo, excluídos que a sociedade brasileira (inclusive segmentos da igreja) reluta em acolher, contrariando a lógica de um país que se diz cristão.

Infelizmente, essa é a lógica impiedosa e mesquinha de tantos doutores da lei (coronéis das Escrituras, oportunistas do Evangelho, raça de víboras a quem Jesus se refere - Mt. 3.7, 12.34, 23.33; Lc. 3.7). Sertanejos e tantos outros excluídos ao redor da terra estão fadados ao esquecimento deles, porém, não ao esquecimento de Deus.


Que lógica é essa? Não! Eu repreendo esta voz do capeta e denuncio este plano ardiloso de satanás, que emerge dos gabinetes confortáveis de um bando de almofadinhas espirituais, que se escondem por trás do Evangelho apenas para auferirem status, dinheiro e benesses que seus cargos lhes facultam.

Com a graça de Deus, anunciarei o Evangelho de Jesus até o fim da minha vida, seja entre os sertanejos ou qualquer outro lugar; seja pelo Sal da Terra ou qualquer outra instituição. Com a ajuda de Deus, irei "às saídas dos caminhos e convidarei para as bodas a todos os que eu encontrar" (Mt. 22:9). Onde me receberem falarei de um Deus bom, que perdoa os pecados e que comissiona os salvos. Compartilharei pão com o faminto e água ao que tem sede.

Sei que falharei tantas vezes, mas creio que Deus me reerguerá e continuará sempre me conduzindo, pois este é o plano dEle para minha vida. Sei também que nunca estarei só, há um povo maravilhoso (a Igreja de Cristo, inclusive tantos que nos acompanham no Sal da Terra) e mais um monte de gente solidária que caminharão junto comigo. Há sobre tudo, a presença do Divino Espírito Santo, sempre a nos consolar pelas veredas sertanejas.

Eu? Eu mermo vou!
 

"E eles, tendo partido, pregaram por TODAS as partes, cooperando com eles o Senhor, e confirmando a palavra com sinais que se seguiram. Amém". Mc 16:20

Um grande abraço,

Marcos - Sal da Terra


Leia mais: Reflexões





Nenhum comentário:

Postar um comentário