7 de jul de 2013

Como Ovelhas Sem Pastor


Serrinha da Prata, Iatecá e Gigante, são três distritos vizinhos, com no máximo 5 Km de distância um do outro, todos têm crentes, mas não têm pastor. Há quatro anos estamos por lá com o Sal da Terra, esperando o resultado da nossa oração (temos rogado à Deus para que envie obreiro para para aquela seara).

Estamos acertando com uma igreja, querida nossa, que parece que vai enviar um missionário para lá a partir de agosto. As coisas estão bem encaminhadas neste sentido, graças a Deus.

Fatos assim parecem saltar das páginas da Bíblia. Essa gente é igualzinha aquela gente que apertou o coração de Jesus. "...teve compaixão deles, por que eram como ovelhas sem pastor" (Mc 6:34).

Quantas comunidades agrestinas estão em situação semelhante? O que a igreja tem feito? A mobilização é suficiente?

As perguntas vão ficando no ar enquanto milhões de sertanejos não são assistidos pelo Evangelho, num país de milhões de evangélicos.

Que Deus tenha misericórdia de nós!


Marcos Sal da Terra




Leia mais: Programa de Evangelização do Sertão




2 comentários:

  1. Muitos se formando e a tendência permanecerem nas cidades grandes.Pois é de dá dor no coração como tem crente somente de aparência. Enquanto estar sendo beneficiado fazendo o curso de Teologia ou outros gratuitamente a Igreja custeando e enchendo a igreja de esperança, no final não é nada do que se dizia. Procure-se um que aceite com o coração cheio de vontade. Só Jesus na causa.

    ResponderExcluir
  2. Disse Jesus: Vão e façam discípulos por todas as nações. Oremos pelas vidas dos Pastores,obreiros, missionários, que atuam em pequenas cidades, em distritos, vilas e campos, "sítios, zona rural" Viva com fé a verdadeira fé é cheia de paz.Feliz a nação que tem tudo isso! Feliz o povo cujo Deus é o Senhor!(Sl:144-15)Glorificado seja o nome do Senhor. O glória!

    ResponderExcluir