17 de dez de 2012

Igreja

Gostei desta foto (flagrante - não vi quando Larissa Santos Fernandes a capturou) por isso a coloquei em meu perfil no facebook. Porém, eu não havia atentado para a camiseta que estava vestindo, mas depois de alguns comentários que recebi passei a refletir no tema.
 Para que servimos e a quem servimos? 
Tenho entendido que a igreja brasileira (daí o verde e amarelo da camisa) tem perdido o sentido de pra que ela serve, enquanto que por outro lado, escancaradamente, ela tem aguçado sua aptidão fomentando o capitalismo, o poder de políticos corruptos, a religiosidade preconceituosa que os reformadores contestaram e a vaidade daqueles que buscam holofotes e status. 
O caráter profético diminui na mesma velocidade e proporção do nosso crescimento numérico, de modo que os "nossos" números impressionantes (tudo tem se tornado mega)  não se traduzem em qualidade bíblica e coerência naquilo que Deus nos ensina e espera de nós.

Em Cristo,

Marcos Sal da Terra.

Leia mais: Reflexões

Nenhum comentário:

Postar um comentário