22 de abr de 2012

Iatecá e Serrinha da Prata

Fomos à Iatecá e Serrinha da Prata. O propósito desta viagem foi apresentar o Projeto Papa-capim aos obreiros Jorge e Antônia, que vieram até aqui para, além de conhecerem nossa escolinha de arte, participarem dela, ministrando cursos de pintura e crochê.

Encontramos a Igreja motivada e empenhada na evangelização. Neste final de semana estavam recebendo a preciosa vista dos irmão do Projeto Mandacaru (ministério que visita pequenas localidades sertanejas levando atividades de evangelismo e ação social) Uma linda e muito útil iniciativa - igreja com cara de igreja, longe dos holofotes, do conforto dos palácios, porém bem pertinho da vontade de Deus, indo em lugares que pra muitos nem sequer exitem.

 



Tivemos oportunidade de visitarmos Serrinha da Prata e conhecer um pouco mais aquele lugarzinho tão pitoresco com suas muitas igrejinhas e sua gente, escondidos aos olhos da sociedade. Mas, com certeza, querido aos olhos de Deus.

Serrinha da Prata é um lugar onde a Igreja protestante não consegue se instalar (com apenas dois cristãos convertidos, sem pastor e sem igreja - Leia mais sobre estes irmãos em "dois Gatinhos Pingados"). Ali tem dois prédios, um da Igreja Batista Moriá, com placa de "Vende-se esta casa" (detalhe: Já foi vendida hoje é um depósito de estivas) e outro igualmente fechado da Assembléia de Deus (detalhe: por baixo da placa da Assembléia de Deus ainda pode se ler "Igreja Batista Apostólica".




Em Iatecá, nossa escolinha de futebol está a todo vapor, jovens e adolescentes que têm se aproximado de Deus através das atividades esportivas. Para incrementarmos estas atividades da escolinha, deixamos materiais esportivos que vão aparelhar melhor os treinos. O missionário Walter que tem conduzido as atividades do projeto papa-capim era só alegria com mais este aporte para sua escolinha.

Depois de uma oração voltei para casa, infelizmente, não pude ficar para o culto a noite por conta da minha condição de saúde. Mais deixei todos aguardando com santas expectativas a visita do Pr. Iremar e a chegada do irmão Zenaílson que tem com muita bravura e desprendimento tocado aquela Igreja.


 

Que Deus continue abençoando aquela iniciativa missionária alargando as suas fronteiras.
Gostaria de registrar a nossa preocupação com a seca no sertão, há pelo menos onze anos não o víamos tão seco, de modo que para este ano já não há mais esperança de lavoura, o gado está passando fome e sede. Pedimos a oração da Igreja por nossa terra e nossa gente.





Recebemos excelentes notícias do povoado Gigante, um lugar com ruas calçadas, posto de saúde escola, mercearias... Mas até pouco tempo, absolutamente, sem a presença da Igreja Evangélica. Os irmãos têm ido até lá e nos contaram dos primeiros frutos.


A Deus Toda Glória.

Marcos Sal da Terra.

Leia mais: Programa de Evangelização do Sertão

Nenhum comentário:

Postar um comentário