29 de fev de 2012

Basta!


"...todos nós ficamos impactados com o assassinato do Pr. Robson Cavalcanti; como moro aqui perto dele e o conhecia pessoalmente o choque foi maior. Também a classe pastoral do nordeste ficou abalada com essa trágica notícia.

Acho que a morte do Pastor Robson deve levar nós pastores e igrejas do nordeste e do Brasil a uma profunda reflexão sobre ESSA POTENTOSA ARMA QUE O INIMIGO TEM USADO NESTES DIAS QUE SÃO AS DROGAS, essa tem entrado nos lares de forma assustadora, em todas as classes sociais. Também é um momento de refletirmos sobre o "caos" que está o seio das famílias; e muito mais refletirmos sobre a omissão, a letargia e a pobreza da igreja (na sua esmagadora maioria) EM FAZER OBRAS SOCIAIS, em agir de uma forma efetiva para combater as drogas e dar suporte as famílias nas cidades que estão sendo despedaçadas por brigas, contendas, divórcios, etc..etc...

Creio firmemente, que já passou da hora de mais uma profunda reforma na igreja evangélica; não é hora de festas, de shows golpel, de aniversário de mocidade e tantas coisas inúteis ao combate ao pecado e as trevas. É hora de nós evangélicos chorarmos, é hora da liderança acordar; acordar para a urgência em socorrer um país quase que 100% entregue a imoralidade, as drogas e as famílias destroçadas. É hora de clamar a Deus, é hora do crente ser sal e luz, é hora, aliás, já passou da hora da igreja voltar a ser igreja, é hora de lamentar "sacerdotes", de buscar santidade, de pararmos com tantas politicagens sujas no interior das denominações e em muitas igrejas locais.

Estou sofrendo (pessoalmente) com a morte do Bispo Robson Cavalcanti, morto (ele e sua esposa) pelo próprio filho. Tenho clamado a Deus por minha vida, tenho chorado para Deus usar a minha vida nestes dias de tamanha trevas; quero ser limpo, quero ser santo, quero ser sal e luz; quero ajudar minha cidade, quero ajudar as famílias que vivem na minha região, quero ajudar líderes sérios e igrejas locais que ainda mantém o desejo de servir a Deus numa geração corrompida pelo pecado e pelas trevas.

Conclamo você, meu irmão que está lendo essas linhas: vamos clamar a Deus por um verdadeiro avivamento no nosso meio, um avivamento de amor, um avivamento de caráter, de santidade e de fidelidade as ordens da Bíblia Sagrada; um avivamento que faça com que a igreja brasileira volte simplesmente a ser igreja.

COM DOR NA ALMA E NO CORAÇÃO, E A SERVIÇO DO REINO DE DEUS.

Pr. José Pontes Filho


Leia mais: Reflexões

Nenhum comentário:

Postar um comentário