23 de set de 2011

Notícias de Amparo - PB



Ministério de Evangelismo e Apoio Missionário

Anunciando a Mensagem da Cruz!

www.conexaoide.com.br

“Sempre fiz questão de pregar o evangelho onde Cristo ainda não era conhecido, de forma que não estivesse edificando sobre alicerce de outro” (Rm. 15.20 NVI).
 
Nosso primeiro ano em amparo no Cariri da paraíba e ainda há muito a fazer. 
 

A Obra Missionária em Amparo no Cariri da Paraíba está cada vez mais abençoada. Completamos nosso primeiro ano de trabalho nessa cidade localizada a 315 km da Capital, João Pessoa. Quando nos mudamos pra cá, Samuel ainda não falava e nem andava. Hoje ele já sabe os nomes dos comerciantes e amigos que fizemos por aqui. Anda pelos caminhos decorados dessa pequena e acolhedora cidade. 

 
Dentre algumas dificuldades que enfrentamos logo de início foi o fato da cidade não ter acesso asfaltado, sendo 35km de estrada de chão. Amparo não dispõe de feira ou serviço bancário (apenas um ponto Caixa Aqui). Também não há transporte público. A locomoção aqui é feita por meio de dois carros privados entre esses uma famosa Veraneio intitulada de “Toinho do Táxi” que sai às 4:30 da manhã e retorna às 11 horas de Sumé ou São José do Egito (PE), dependendo do dia da semana. O que nos leva muitas vezes a ter que recorrer a carona (quando há), pois não temos transporte próprio. O clima também nos castigou e castiga até hoje, pois, na maior parte do ano, é quente de dia e muito frio à noite (um castigo pra quem, como eu e minha esposa, tem sinusite e rinite). Lábios e peles ressecados são algumas dessas "lutinhas". A água consumida deve ser comprada. É a famosa água dessalinizada, pois o teor de salinidade do solo é muito alto e a água da torneira serve apenas para cozinhar e outros afazeres domésticos. Depois de um culto ao ar Livre que fiz e citei, respeitosamente, São Sebastião – Padroeiro da Cidade - tive que ir ao tribunal em Sumé prestar esclarecimentos por uma queixa movida pelo padre. Ele alegou o som alto, mas sei que foi pressionado pelas beatas. Hoje, graças a Deus, temos um bom relacionamento. Tudo isso porém é muito pequeno diante das grandes coisas que se seguem:
 

 
Nos mudamos pra cá no dia 1 de Setembro de 2010. Logo iniciamos o método de visita e estudos bíblicos nos lares, o que nos deu a alegria de inaugurar a Igreja (com 5 crentes) 1 mês e 10 dias depois, dia 10 de outubro de 2010. Isso foi um milagre maravilhoso do Senhor, pois a média de conversões em cidades com menos e 1% de crentes é de uma por ano. Quatro meses depois mais um milagre: o batismo de seis pessoas nas águas do Açude Salgadinho no Sítio que leva o mesmo nome e está localizado a 3Km da cidade. Realizamos três grandes avanços: Um no ano passado em parceria com a Igreja do Nazareno de Campina Grande; outro esse mês de outubro com a Igreja Congregacional de João Pessoa. O resultado desses avanços? Mais quatro vidas para Cristo. 
 
Aleluia!!! Hoje temos 15 adultos e 15 crianças (entre 6 e 12 anos) que são convictamente convertidas. Além de cerca de 20 outras que nos visitam constantemente (nessa situação também há adultos e adolescentes). Temos mais seis candidatos a batismo para esse ano que já estão em processo de discipulado.
 
Esse pequeno tempo também nos revelou outras dificuldades e motivos de oração. 
 
1. Há pessoas influenciadas negativamente pelos "pastores" da TV. O que nos fez sofrer um pouco com a perda de algumas ovelhinhas confusas. Oremos por isso! 
 
2. Há um alto índice de alcoolismo entre adolescentes.
 
3. Sexo também é adiantado demais entre os jovens daqui. A diferença entre idades nas uniões chega a ser absurda. Histórias de meninas de 13 anos com homens 10 anos mais velhos são comuns.
 
4. Alto índice de problemas psicológicos. Nesse ano que passou ocorreram três suicídios. Taxa alta se levarmos em consideração que a população de Amparo é de apenas 2.080 habitantes, contando com os sítios.
 
5. Há também uma cultura de que Igreja é “coisa pra mulher”. Temos apenas três homens e eu sou um deles.
 
6. Não há outra diversão se não a Festa no Club (menores agarrados outras menores) ou ir ao bar.
 
 
Por outro lado, o índice criminal (de roubo ou furtos) é quase inexistente. Desde que estou aqui não houve nenhum registro e pelo que sei faz tempo que não há. Graças a Deus. Falando em índice, Amparo já tem mais de 1% de crentes, porém ainda está abaixo de 3%. É um pequeno, mas muito importante avanço. Nós e a Assembléia de Deus somos a única presença evangélica na cidade.
 
Outra boa notícia: Esse mês que passou, quando fui pagar o aluguel do prédio no valor de R$ 100,00 ouvi do dono que essa era a ultima vez que eu pagaria, pois a partir daí seria de graça. Aleluia!!!
 
Isso porém, me acordou para a necessidade que temos de sair do prédio o quanto antes pois o dono está perdendo de alugar. Precisamos iniciar a construção e o primeiro passo é a compra de um terreno. Mas a nossa Igreja é formada por pessoas em sua maioria humildes. E humanamente falando, não vejo como podemos fazer isso sozinhos. O meu mantimento e de minha família atualmente esta se dando principalmente por uma ajuda que recebo de dois rios que o Senhor moveu: o do Pastor Ricardo do Rio de Janeiro e Pastor Vanderson do Rio Grande do Norte. Louvo a Deus pela vida desses dois e de tantos outros que como vocês estão unidos nesse propósito de ver a Paraíba alcançada pela mensagem do Evangelho.



Em Cristo, 

Jader Medeiros.
 





Nenhum comentário:

Postar um comentário