19 de mar de 2011

Viagem do Projeto Papa-Capim ao Povoado Carmo

Amados irmãos, é com muito carinho que passamos a informar mais um trabalho realizado junto ao Ministério Sal da Terra, mais precisamente no Projeto Papa-Capim.

Depois de ter sido emprestado ao Projeto MAOS, trabalhando em Barreiros – PE, voltamos neste período de fevereiro – março, para o sertão pernambucano, desta vez cooperando com o Ministério Fonte no Deserto, em São José do Belmonte – PE .

Viajamos no dia 25 de fevereiro com o Missionário Bill Crente e Elio Rocha na abençoada Águia Branca zerada, nova Kombi do Bill, para o Sítio Inveja, onde fica a sede do Ministério Fonte no Deserto, sob a orientação do Pr. Neto.

O Pr. Neto nos levou para o povoado do Carmo, a 15 km de S. J. Belmonte, onde a Igreja Presbiteriana do Brasil está plantando uma nova Igreja. No Carmo já estão trabalhando em tempo integral, o jovem Joserlândio e Nária. Os cultos que eram realizados na casa deles a partir no dia 12 de março passou para um novo templo.

Na semana que antecedeu o carnaval, aplicamos alguns cursos (curso de tapeçaria, chinelos enfeitados e culinária). Foi uma bênção, começamos com 9 alunos e a cada dia esse número era acrescido, de modo que no último dia concluímos com 37 alunos bastante entusiasmados.

No período do carnaval houve o acampamento com os membros das diversas congregações ligadas ao Ministério Fonte no Deserto na sede do próprio Ministério, ou seja, no Sítio Inveja.

Antes da nossa volta para Garanhuns, o pastor Neto nos lançou o desafio de morarmos por um período, no distrito do Carmo para darmos apoio aos missionários que ali estão. Nos colocamos à disposição do Ministério Sal da Terra ao qual somos subordinados, para que tome a decisão final.

No período da semana chamada santa, estaremos de volta ao Carmo para uma nova programação de Evangelismo denominada PES – Programa de Evangelização no Sertão.

Neiva de Freitas Rocha

Tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou  a boa obra a aperfeiçoará até ao dia de Jesus Cristo.

Filipenses 1:6






 

Nenhum comentário:

Postar um comentário