30 de abr de 2010

Muitos dizem: "Tô nem aí!"



O município de Poço das Trincheiras, que está localizado na região noroeste do Estado de Alagoas, foi criado em 1958, desmembrado de Santana do Ipanema. Segundo o censo 2000 do IBGE, a população total residente é de 13.222 habitantes.

A rede pública de saúde não dispõe de hospital, existindo apenas 03 unidades ambulatoriais e 07 postos de saúde. Não há consultórios médicos ou odontológicos.

Na área educacional, o município dispõe de 03 escolas de ensino pré-escolar com 114 alunos matriculados, 32 escolas de ensino fundamental com 3.819 alunos matriculados e 01 escola de ensino médio, com 148 alunos matriculados. Da população total residente, 5.022 habitantes com 10 anos ou mais de idade são alfabetizados (38,00%).

Existem no município 2.810 domicílios particulares permanentes, dos quais apenas 1.043 (37,10%) possuem banheiro ou sanitário e destes, apenas 02 (0,07%) possuem banheiro e esgotamento sanitário via rede geral.
 
Cerca de 345 (12,30%) são abastecidos pela rede geral de água, enquanto que 32 (1,10%) são abastecidos por poço ou nascente e 2.433 utilizam outras formas de abastecimento (a maioria, 86,60%). Apenas 698 (24,80%) domicílios são atendidos pela coleta de lixo, evidenciando sérios problemas ambientais e de saúde pública para a população.

Existem 01 agência do Banco do Brasil e 01 agência dos Correios instalados no município.

O salário médio mensal é de 67,70% do salário mínimo nacional.

Atualmente conta com 13 empresas com CNPJ atuantes, ocupando 197 pessoas (1,50% da população).

No ranking de desenvolvimento, Poço das Trincheiras está em 99º lugar no estado (99/102 municípios) e em 5.486º lugar no Brasil (5.486/5.561 municípios) - www.desenvolvimentomunicipal.com.br.

 
Reflexão:

Podemos dormir tranquilos diante destes fatos? Muita gente dorme e a justificativa a tanta indiferença é profética, posto que a Bíblia diz que "nos últimos dias por se multiplicar a iniquidade o amor de muitos esfriará".

Esta verdade, proferida pelo próprio Senhor Jesus, explica o porquê de tanto torpor.

Que Deus tenha misericórdia de nós e que estejamos entre os poucos que não serão alcançados por esta frieza que assola a Igreja e nos distancia do verdadeiro espírito cristão.
 
 
Marcos Sal da Terra
 
 
Leia mais: Reflexões






Um comentário:

  1. Irmão Marcos, estou aguardando sua resposta ao meu e-mail, referente a um projeto, para evangelizar os sertões alagoanos, a começar por Poço das Trincheiras. Deus pode mudar, radicalmente, esta situação, como expus no referido projeto! Sendo a Vontade Perfeita de Deus, podemos unir esforços, com a Graça Dele trabalhando conosco, para conseguirmos esse objetivo! No projeto em questão, cito o nome da algumas pessoas, que QUERIAM pegar junto comigo, nessa missão, mas, infelizmente - OU FELIZMENTE - desistiram! Faço minhas as palavras do Senhor Jesus, quando disse que os discípulos O abandonariam: "TODOS VOCÊS ME ABANDONARÃO! MAS EU NÃO ESTOU SÓ, PORQUE O PAI ESTÁ COMIGO!" Aleluia! Aguardo retorno.

    Fraternalmente,

    Derivaldo Andrade
    (82) 8858-6838
    e-mail: derivaldoandrade@gmail.com

    ResponderExcluir